As forças especiais Brasileira são preparadas para participar nas chamadas operações especiais: aquelas que se dão em um ambiente e circunstâncias não comuns e pouco corriqueiras, que requerem resposta especial por parte das forças de segurança (locais, estaduais ou mesmo nacionais). Estas situações incluem a guerra não convencional,resgate de reféns, reconhecimento especial militar e ação direta.

As demandas específicas de uma operação especial definem o tipo de adestramento, armamento e equipamento a ser conduzido. Não raro, as operações especiais exigem uma combinação de capacitações específicas, armamentos e equipamentos especializados pouco comuns às forças convencionais.

As unidades de forças especiais, tipicamente são unidades pequenas, altamente treinadas, com equipamento diferenciado, que operam nos princípios da auto-suficiência, furtividade, velocidade e equipe.

Confira a baixo a lista das 4 melhores Forças Especiais do Brasil:

4 – Grumec (Grupamento de Mergulhadores de Combate)

Membro da Grumec (Grupamento de Mergulhadores de Combate)

GRUMEC é uma unidade militar de mergulhadores de combate para operações especiais da Marinha do Brasil. Com doutrina semelhante a do US Navy SEALs e a do Special Boat Service britânico, a sua função é a de se infiltrar, sem ser percebida, em áreas litorâneas e ribeirinhas, e executar tarefas como reconhecimento, sabotagem e destruição de alvos de valor estratégico. Localiza-se na Ilha de Mocanguê, Niterói, RJ.

GERR – MEC, Grupo Especial de Retomada e Resgate – Mergulhadores de Combate, é o grupo de militares do GRUMEC responsáveis pela retomada de navios, instalações no mar e plataformas de petróleo, bem como o resgate de reféns que venham a ser tomados/dominados por terroristas ou outros criminosos no mar.

Para fazer parte desse grupo é necessário ser MeC há pelo menos dois anos. O GERR-MEC teve como inspiração para a sua criação o GERR-OpEsp do BtlOpEspFuzNav, unidade essa pertencente aos Comandos Anfíbios.

3 – Comandos anfíbios (Batalhão de Operações Especiais de Fuzileiros Navais)

Membros da Comandos Anfíbios

Batalhão de Operações Especiais de Fuzileiros Navais, conhecido como Batalhão Tonelero, situado na cidade do Rio de Janeiro, é a unidade militar dos Comandos Anfíbios (COMANF), que são uma tropa de Forças Especiais do Corpo de Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil.

São eles os Fuzileiros Navais especificamente preparados para o planejamento, condução e execução de Operações Especiais, Operações de Informações, Operações Psicológicas, Operações Clandestinas, Combate urbano, Reconhecimento especial anfíbio, Guia de força anfíbia de desembarque, Guia avançado de fogo naval e aeronaval, Contraguerrilha e Contraterrorismo, Busca e resgate em combate, Balizar zonas de desembarque anfíbio e Ações diretas de Comandos Anfíbios.

Os seu contigente é altamente adestrado para agir em ambiente: Urbano, de Montanha, de Caatinga e especialmente os ambientes de Selva, Pantanal. Litorâneo e Ribeirinho.

2 – 1° Batalhão de Forças Especiais do Exército Brasileiro

Membros do 1° Batalhão de Forças Especiais do Exército Brasileiro

1º Batalhão de Forças Especiais (1º B F Esp) é a unidade de elite do Exército Brasileiro capacitada ao planejamento, condução e execução de operações de guerra irregular, contraterrorismo, fuga e evasão, inteligência de combate, contraguerrilha, guerra de resistência, operações psicológicas, reconhecimento estratégico, busca, localização e ataque a alvos estratégicos, assistência militar, Operações de Paz, Evacuação de Não Combatentes, Ajuda Humanitária e etc.

É subordinado ao Comando de Operações Especiais, de acordo com a organização e adestramento do EB, trata-se da principal unidade de elite da Força.

As operações do 1º BFEsp caracterizam-se por sua acentuada mobilidade estratégica. Seu emprego requer alto grau de sigilo, e suas operações apresentam considerável grau de risco, já que, em geral, são executadas em território hostil.

1 – Bope ( Batalhão de Operações Policiais Especiais PMERJ)

Membros do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais)

O Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) é uma força de operações especiais da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ), subordinada diretamente ao Comando de Operações Especiais.

Nesta unidade estão militares que já foram Comandos Anfíbios da marinha e outros que já foram Comandos do Exército Brasileiro.

Para responder a situações de crise o BOPE dispõe da Unidade de intervenção tática (UIT), formada por três grupos distintos: Grupo de Negociação e Análise (GNA), Grupo de Atiradores de Precisão (GAP) e o Grupo de Retomada e Resgate (GRR).

Os integrantes dessa Unidade atuam em situações cruciais, pondo a prova todo o treinamento e meios disponíveis.

Leia Também:Quais São as Melhores Forças Especiais do Mundo?
Leia Também:Como Entrar Nas Forças Especiais do Exército Brasileiro?

Gostou deste artigo? Aproveite a visita para assinar a nossa newsletter. Desse jeito você vai receber as nossas novidades diretamente na caixa de entrada do seu email!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s